Importância do Rastreio Auditivo na aprendizagem da Criança


Por Dra Tânia Conceição – Audiologista na Farmácia Rosa

A capacidade auditiva na infância é muito extremamente importante pois influencia grandemente a aprendizagem, socialização e comunicação da criança. Assim sendo, a avaliação desta capacidade é essencial e com um simples teste auditivo é possível detetar cerca de 90% dos casos de perda auditiva mesmo que a criança à nascença não tivesse alterações auditivas.

Rastreio auditivo nas crianças

As causas dos problemas auditivos na criança são várias, sendo a perda auditiva genética a mais frequente, seguindo-se as infeções durante a gravidez com citomegalovírus ou herpes, o consumo de toxinas pela grávida e o nascimento prematuro.

O atraso ou a falta de diálogo são os sinais mais importantes que podem indicar dificuldade auditiva, no entanto, se esta for acompanhada desde muito cedo, o desenvolvimento da linguagem poderá não ficar afetado.

Outros sinais que podem denunciar dificuldade auditiva são: ver televisão num volume exagerado, dizer muitas vezes “o quê?”, posicionar um dos ouvidos para a frente, aparente falta de atenção, falar mais alto que o habitual ou olhar muito intensamente para quem fala. A dificuldade para imitar sons ou para os localizar dentro ou fora da mesma divisão da casa são também sinais, assim como o isolamento de atividades sociais. Caso os pais detetem dificuldades auditivas no seu filho, é fundamental consultarem um Audiologista, que irá desmistificar a situação e explicar que, por vezes, é mais fácil lidar com a situação do que parece à primeira vista. Para situações mais graves, existem hoje em dia aparelhos auditivos especialmente adaptados para crianças de várias idades.

Por vezes a diminuição da ausição pode ser temporária, devido a cera no ouvido ou otite média, que deve ser tratada eficazmente para evitar a surdez.

A limpeza diária dos ouvidos é um dos cuidados a ter mas requer alguns cuidados especiais. Durante todo o ano, mas principalmente na altura do Verão, estamos expostos a determinados factores que podem potenciar a formação de cerúmen, como por exemplo o contacto com água de piscinas e do mar, o que leva a uma sensação de “ouvido tapado”. No entanto, o cerúmen é uma secreção que tem uma função protectorae de hidratação do canal, sem a qual estaríamos mais expostos a infeções do ouvido externo.

É comum o uso do cotonete, mas é totalmente desaconselhado, tanto em crianças como em adultos. O cotonete vai piorar a situação, visto que empurra mais a cera para o interior do canal, aumentando também o risco de escoriação do canal auditivo externo e até a rutura do tímpano, podendo causar perda de audição.

Para uma limpeza diária, devemos apenas limpar com uma toalha macia na parte externa do canal auditivo e na orelha, preferencialmente no fim do banho, de forma a remover o excesso de água. Pode usar-se duas vezes por semana um spray de limpeza próprio, que pode adquirir na sua farmácia. Nunca colocar cotonetes ou outros objectos dentro do canal auditivo.

Em casos em que a sensação de ouvido tapado persiste devido à produção excessiva de cerúmen, deve procurar-se um especialista, pois pode haver necessidade de fazer uma lavagem em consultório.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.